sexta-feira, 20 de maio de 2016

AlôBrandalise #11 - Governo e Economia


Eu, Arthur Solowiejczyk, Victor Candido e Rachel de Sá, membros do site Terraço Econômico, conversamos sobre a relação entre governo e economia. O governo é refém do mercado, ou é o inverso? Quais os desafios para o novo governo sobre os temas inflação, desemprego, crescimento do PIB?

quarta-feira, 20 de abril de 2016

AlôBrandalise #10 - Evolucionismo e Criacionismo, tudo junto e misturado


Eu, Márcio Campos e Reinaldo José Lopes conversamos sobre as teorias do evolucionismo e criacionismo, como são expostas em forma de contraposição e se podem coexistir.

quinta-feira, 10 de março de 2016

AlôBrandalise #09 - Retorno da Monarquia no Brasil?


Eu, Igor Guedes e o Carlos Ramalhete conversamos sobre a possibilidade do retorno da monarquia no Brasil. Quais as vantagens? Já imaginou Lula como monarca?

quinta-feira, 25 de fevereiro de 2016

AlôBrandalise #08 - O Sol no centro e suas tretas


Eu, o astrofísico Alexandre Zabot e o jornalista Márcio Campos conversamos sobre surgimento científico do heliocentrismo e as tretas envolvendo Copérnico, Giordano Bruno e Galileu Galilei.

sexta-feira, 22 de janeiro de 2016

AlôBrandalise #07 - Direita e esquerda na Ciência Política


Eu e o Professor Rogério Schmitt conversamos sobre como a ciência política enxerga as direita e esquerda. Vamos desde a origem do uso da nomenclatura direita e esquerda, até a qualificação dos partidos políticos no Brasil.

terça-feira, 22 de dezembro de 2015

AlôBrandalise #06 - Islamização da Europa


Eu, Pedro "o'portuga" (Pedro Miguel Pereira) e Felipe Bezerra, conversamos sobre o que se chama de islamização da Europa. Os dois moram no velho continente e nos passam as preocupações dos europeus com o avanço da cultura muçulmana na região.

quinta-feira, 26 de novembro de 2015

De pé, Homens do Oeste


O texto de Stephen Klugewicz, publicado em The Imaginative Conservative, em 11 de janeiro de 2013, e achei muito interessante para os dias atuais.

Intelectuais conservadores tendem a ser um tipo sombrio. Por disposição natural somos pessoas pessimistas. Nós realmente não podemos ser culpados por isso, quando se considera a história da humanidade e, particularmente, a triste história da governança humana. A partir de iniciar guerras desnecessárias para escravizar povos inteiros para reduzir as massas à pobreza através de uma tributação excessiva, o homem, quando vestido com o direito de governar os outros, tem se mostrado um tirano.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...